O 11º Congresso Mundial de Art Déco, que acontece até domingo no hotel Windsor de Copacabana, é mais uma prova de que nossa cidade está em alta. Na disputa da cidade sede o Rio venceu o combinado Paris / Reims / Saint-Quentin.
O evento, no original “World Congresso on Art Déco”, reúne grandes pesquisadores internacionais em uma programação extensa. Nesta quinta falam nomes como Alastair Duncan (especialista em Art Déco há mais de 30 anos, acaba de publicar a enciclopédia mais completa sobre o estilo: “Art Déco Complete”) e Fábio Grementieri (arquiteto e historiador formado pela Universidade de Buenos Aires, é autor de livros como o “Art Déco y Racionalismo” e participou do restauro de importantes prédios portenhos como o famoso Hotel Alvear Palace).

O interessante é que este ano o Cristo Redentor – certamente o monumento Art Déco mais famoso do mundo – completa oitenta anos. Não é só. Nossa cidade preserva cerca de 300 prédios exemplares do estilo e, por isso, é referencia na América Latina em arquitetura Art Déco. A programação do congresso pode ser conferida no site    www.congressoartdecorio.com .