A coluna Sei lá, mil coisas publicou em nota: “Mesmo entre os experts em design brasileiro, ele é pouco conhecido, mas o arquiteto e publicitário Henrique Steyer dá o que falar lá fora. Ele estudou Desenho Industrial na Itália, fez projetos para a África do Sul, ganhou prêmio de decoração na Turquia e foi capa de revista na China. Depois de rodar o mundo, agora o arquiteto sossega em sua Porto Alegre natal, onde acaba de criar uma  primeira linha de móveis. Divertidas, as peças reverenciam a fauna brasileira dando formas de macaco, capivara, tamanduá, onça e jacaré a mesas, de tamanhos diversos, que também podem ser usadas como bancos. — O humor é uma marca minha, e que chamou atenção fora do país — conta Steyer, de 33 anos. — São produtos debochados que podem contracenar com móveis  tradicionais. A ideia é essa. Gosto de provocar um questionamento. Por que a mesa tem que ser quadrada e certinha? Por que não pode ser uma onça pink no meio da sala? Além de soltar os bichos (são cinco modelos, ao todo), ele incluiu na coleção uma estante que simula o shape de um  boneco de papel”. Leia mais no jornal O Globo.

Fonte: O Globo/ Revista O Globo/ Sei lá, mil coisas/ 25/08/13