A coluna Estilo informou em nota: “A energia vibrante do Rio de Janeiro é facilmente transportada para o décor das casas cariocas. Cores alegres e natureza exuberante – tanto pelas paisagens quanto pela quantidade generosa de madeira e estampas tropicais nos projetos – se misturam ao design contemporâneo de ponta e a um toque africano, com direito a mandingas positivas. Banco Beam, design Piet Hein Eek, na Poeira. Vaso de cerâmica, de Kimi Nii. Trolley Riviera (2013), da Estúdio Projetta, na Galeria Nacional. Jarra de água e copos (anos 1950), na Ben-hur Antiguidades. Tecidos de fitas do Bonfim, design Alexandre Heberte. Cesto de papel trançado, da Ethnix, na Flor de Bali”. Leia mais na Casa Vogue de outubro.

Fonte: Casa Vogue/Estilo