O site da Casa Vogue trouxe em reportagem: “O briefing era criar uma casa espetacular e aberta à paisagem circundante, que permite uma vista de 360 graus de montanhas, céu e mar. Quem assumiu a tarefa foi o escritório sul-africano SAOTA, tratando de acomodar a residência no terreno íngreme na base de um dos morros da baía da Cidade do Cabo. “Focamos a criação de um edifício contemporâneo, minimalista e escultural”, revela Tamaryn Fourie. A arquiteta e os outros membros da equipe moldaram a obra em diferentes camadas, entre blocos que avançam e recuam – ora abertos e outras fechados – em direção à natureza.”

Fonte: POR LUISA CELLA

FOTOS ADAM LETCH / DIVULGAÇÃO

http://casavogue.globo.com/Arquitetura/Casas/noticia/2015/06/obra-aberta-ao-cenario-sul-africano.html