O site da Bamboo publicou em nota: “A arte como inspiração para o complexo da maré, no rioErnesto Neto, Henrique Oliveira, Vik Muniz, Daniel Senise, Luiz Zerbini. Todos esses grandes nomes da arte contemporânea brasileira já mostraram suas obras no Complexo da Maré, área pobre na zona norte do Rio onde vivem cerca de 150 mil pessoas. Lá, desde 2011 acontece o projeto Travessias, que aposta no poder da arte para transformar lugares e pessoas. Neste ano, a missão caberá a Regina Silveira e Eduardo Coimbra. “A arte tem o poder de transformar a vida das pessoas, de proporcionar outras visões de mundo. Pode desencadear um sonho, um desejo”, diz Luiza Mello, diretora-geral da produtora Automatica, que realiza o Travessias e também exposições em museus como Casa França-Brasil, CCBB e MAR.”

Fonte: texto michele oliveira / fotos gabi carrera e joão musa

Veja mais no site:

http://bamboonet.com.br/posts/a-arte-como-inspiracao-para-o-complexo-da-mare-no-rio