De acordo com nota do blog de Anna Ramalho, “uma das mais belas construções do Rio antigo, o Palácio do Itamaraty, na Rua Marechal Floriano, no Centro, é hoje um feio e lamentável contraste com toda essa revitalização que promove o prefeito Eduardo Paes. A culpa não é dele, diga-se. tampouco do governo do Estado. O belo casarão, em estilo neoclássico e construído por um discípulo de Grandjean de Montigny, o brasileiro José Maria Jacinto Rabelo, foi inaugurado em 1855, e pertencia a Francisco José da Rocha Leão, o Conde de Itamaraty. Mais tarde foi sede do governo republicano, de 1889 a 1898, e sede do Ministério das Relações Exteriores, de 1899 a 1970. É, portanto, de responsabilidade do governo federal. O palacete, também conhecido como a Casa de Rio Branco, tem um belíssimo espelho d’água, onde, em tempos idos, nadavam imponentes cisnes. Foi palco de festas e recepções famosas. Hoje, sua fachada, totalmente delabrée, retrata o descaso com que a nossa própria política internacional é tratada. Uma pena. As fotos, que fiz com meu Iphone de dentro de um táxi, servem para dar uma ideia de como está o Itamaraty – hoje ainda a representação oficial do MRE no Rio de Janeiro”. Leia mais no blog.

Fonte: Anna Ramalho/15/12/14

http://www.annaramalho.com.br/news/blogs/anna-ramalho/52567-descaso-o-palacio-itamaraty.html