Segundo matéria do caderno Rio, “a polêmica sobre a demolição do prédio do antigo Museu do Índio como parte de um pacote para reurbanizar o entorno do Maracanã com vistas à Copa do Mundo  de 2014 e aos Jogos de 2016 ganhou mais um capítulo ontem. Uma das últimas barreiras para que o imóvel — ocupado desde 2006 por índios de diversas etnias — venha ao chão foi derrubada por  uma canetada. Em despacho de duas linhas no Diário Oficial, com data de sexta-feira passada, o prefeito Eduardo Paes concedeu licença para o estado demolir o imóvel. A medida contraria parecer  do Conselho municipal de Proteção do Patrimônio Cultural. Em 12 dezembro do ano passado, a entidade havia aprovado, por unanimidade, um parecer contrário à demolição do imóvel, devido à  importância histórica do prédio”. Leia mais no jornal O Globo.

Fonte: O Globo/ Rio/ Reportagem: Fábio Vasconcellos e Luiz Ernesto Magalhães/ 15/01/13