Segundo seleção do caderno Ela, “as obras dos eventos esportivos seguem a mil na metrópole mais charmosa do país. E, que delícia, somos também considerados um balneário. Então, para não esquecer nossa condição descontraída, porque não salpicar a casa com objetos que lembrem o mar? Corais podem estar em guardanapos, conchas viram velas, tubarões nadam em louças escamadas,
mas tem espaço para siris, peixes, estrelas e cavalos-marinhos. Eles dão aquele toque de verão que traz até um cherinho de maresia”. Entre os destaques, pratos da Toute Chose, Elle et Lui Home e L’Escalier, conjunto de 30 peças da Domme, almofada da Quarto Composto, painel de parede da Orlean, guardanapo da Empório Home, porta-guardanapo da Arteiro, azulejo da Art Mais Rio, casquinha de siri da Roberto Simões, sopeira da Luiz Salvador, castiçais da Toute Chose, biruta de pano da Olhar o Brasil, peixes de madeira da O Galpão e vela da Dracena Home. Leia mais no jornal O Globo.

Fonte: O Globo/ Ela/ Reportagem: Suzete Aché/ 24/11/12