O site da Casa Vogue publicou em matéria: “O economista João Carlos Magalhães chegou em Brasília aos três anos, mas nunca se importou muito com os móveis modernistas que povoam a cidade. Tudo mudou em 2001, quando reformou sua morada. Ele começou a frequentar os leilões da capital e se apaixonou pelas obras de Sergio Rodrigues, Jorge Zalszupin e Florence Knoll. Quando chegou a hora de mudar de casa, Magalhães escolheu um prédio na Superquadra 105 Sul, uma das primeiras a ficar pronta na capital federal. Criado por Hélio Uchôa, arquiteto da equipe de Lúcio Costa, o apartamento oferecia janelas generosas, cobogós e colunas delgadas típicas do período. Um cenário perfeito para abrigar a coleção de móveis recém-criada”. Leia mais no site.

Fonte: Casa Vogue/Reportagem: Nilbberth Silva/17/11/14

http://casavogue.globo.com/Interiores/apartamentos/noticia/2014/11/quando-quem-decora-e-o-morador.html