O Morar me trouxe em reportagem: “Quando soube que o governo federal aumentara o teto para financiamento de imóveis via Sistema Financeiro de Habitação (SFH) de R$500 mil para R$ 750 mil na última terça, Val Barra comemorou. Há três anos, ela
vinha esperando a medida para comprar um apartamento usando o saldo do FGTS. Mas a euforia inicial deu lugar a uma preocupação: com os preços tão altos na Zona Sul carioca, será possível encontrar um bom apartamento na região por até R$ 750 mil? — Moro há anos de aluguel no Leblon e gostaria de continuar lá, mas, com esse valor, é quase impossível. Gostaria de encontrar pelo menos um quarto e sala no Jardim Botânico ou Gávea, mas, pelo que já vi, acho que vou partir para Botafogo — resigna-se.
De fato, apesar de tão esperada, a medida do governo encontra entrave nos altos preços do mercado carioca, especialmente
na Zona Sul”. Leia mais no jornal O Globo.

Fonte: O Globo/Morar Bem/Reportagem: Karine Tavares/06/10/13