A coluna Design Rio divulgou em matéria: “Quem passa com olhar atento pela Rua Pinheiro Machado, em Laranjeiras, certamente já notou um prédio diferentão, logo após o Viaduto San Tiago Dantas, no sentido do Túnel Santa Bárbara. A obra imponente, em formato de um retângulo horizontal e suspensa por dois pilares, é o antigo prédio do Consulado da Alemanha. Projetada em 1956 e construída até 1961, a edificação foi pensada para abrigar a embaixada alemã no Brasil, e, com a transferência da capital do Rio de Janeiro para Brasília, deu lugar ao consulado, na década de 1970. Foi a primeira construção de uma embaixada da República Federal da Alemanha (Alemanha Ocidental) após a Segunda Guerra Mundial. O projeto é do escritório alemão Schmidt van Dorp, sediado em Bonn, então capital da RFA. — O prédio começa a partir do primeiro andar, por um motivo simples. O terreno não era grande e seria necessário explodir as rochas, onde ele foi planejado. Era preciso espaço para a entrada e o estacionamento. Por isso, eles foram construídos no térreo e, os escritórios, no andar superior — contou, por e-mail, Jan van Dorp, filho de Ernst van Dorp, um dos arquitetos que projetaram a obra, falecido em 2013”. Leia mais no jornal O Globo.

Fonte: O Globo/Rio/Design Rio/Reportagem: Simone Candida, Ludmilla de Lima e Natalia Boere/29/05/16