Foram divulgados os três finalistas da categoria Arquitetura do Prêmio Brasil Criativo, a premiação oficial da Economia Criativa Brasileira. Os projetos “Praça a partir do Olhar da Criança”, “PoliWay Pavimentação Alternativa” e “Ecovila Da Lagoa” concorrem na cerimônia de entrega, que acontecerá no próximo dia 3/12, no Auditório do Ibirapuera, em São Paulo.

“A Praça a partir do Olhar da Criança” é uma experiência que tenta aproximar a ação arquitetônica do universo lúdico da infância, tendo os pequenos como interlocutores e intérpretes para a construção de uma cidade mais criativa, no caso um projeto de revitalização da Praça José Luiz de Mello Malheiros realizado por um grupo de estudantes do curso de arquitetura do Centro Universitário Belas Artes de SP.

O projeto “PoliWay” é uma alternativa inovadora e ecológica para resolver os problemas da pavimentação. Consiste na criação de um pavimento  com um polímero reciclado, que ficou cinco vezes mais resistente, formando uma alternativa econômica e sustentavelmente viável.

Por fim, o projeto “EcoVila da Lagoa” consiste em criar um modelo (Opensource) de ocupação habitacional nos moldes de uma ecovila, sistematizando, catalogando e criando um documento para que esse modelo ganhe escala e promova um desenvolvimento regional, descentralizado necessidades e diminuindo a dependência do Estado.

São finalistas em 22 categorias que usam a criatividade como solução para o desenvolvimento da Economia Criativa no Brasil. Moda, gastronomia, games, música, teatro, dança, circo, design, arquitetura, patrimônio, arquivos, museus, artesanato, e muitas outras atividades fazem parte de 5 campos principais, Patrimônio, Expressões Culturais, Artes de Espetáculo, Audiovisual/do Livro, da Leitura e da Literatura e Criações Culturais e Funcionais. Foram mais de mil projetos inscritos, e mais de 70 mil votos populares na plataforma online.

Dividido em 5 etapas, o prêmio contou com seleção mista entre 30 curadores especializados em criatividade, cultura, empreendedorismo e inovação. Entre eles estão pesquisadores, representantes públicos e líderes empresariais e o público em geral. Cada um dos premiados receberá um prêmio em dinheiro – serão ao todo R$ 100 mil – e 40 horas de capacitação, com objetivo de aprimorar e fortalecer o seu empreendimento, além do reconhecimento do Ministério da Cultura pela consistência do projeto.

Idealizado e realizado pelo Project Hub e produzido pela Muda Cultural, o Prêmio Brasil Criativo é apresentado pelo Ministério da Cultura e pela 3M, patrocinado pelo SEBRAE, e apoiado pelo Itaú Cultural.