A coluna Design Rio informou em matéria: “A arquiteta baiana Cássia Mota é uma moradora de Copacabana atípica, que não costuma citar as belezas da praia ou do calçadão como os maiores atrativos do bairro. Para ela, a essência estética da Princesinha do Mar está escondida nos detalhes das portas de ferro batido que emolduram algumas dezenas de prédios — a maioria em estilo art déco — construídos por lá nas décadas de 30, 40 e 50 do século passado. Um dia, caminhando pela Rua Sousa Lima, Cássia bateu o olho na porta do Edifício São Victor e ficou encantada, mas lamentou que a peça ficasse encoberta por pesadas grades. Teve, então, uma ideia: perambular pelas ruas procurando outras portas bonitas e bem conservadas para, numa mostra on-line, exibir essa faceta do bairro. Há um ano, começou a fotografar as peças e desenhá-las. A exposição on-line se transformou num projeto maior, batizado de “Portas de Copa” (portasdecopa.com), que, a partir de 1º de março, no aniversário dos 450 anos do Rio, vai divulgar uma ilustração inédita por dia”. Leia mais no jornal O Globo.

Fonte: O Globo/Rio/Design Rio/Reportagem: Simone Candida, Ludmilla de Lima e Rodrigo Bertolucci/08/02/15