Os moradores queriam modernizar o apartamento de 68 metros quadrados na Gávea sem deixar de ter ambientes arejados e com a máxima utilização dos espaços. Para assinar essa mudança,  chamaram a arquiteta Katia Ibrahim. Os moradores, um casal de atores que recebe o filho quinzenalmente para passar o fim de semana com a família, pensava em deixar a reforma da cozinha para um segundo momento, mas conforme foi vendo o resultado dos outros ambientes, adiantou essa parte da obra.

“Três estudos foram feitos para essa cozinha. Sentados em um bar no fim da tarde, o projeto nasceu do desejo de ter um ambiente tipo bistrô carioca, com o piso em pedra portuguesa e iluminação controlada e aconchegante. Seguindo o alinhamento do piso, um painel em teca embute uma mesa para pequenas refeições e  lousa nas laterais para recados, receitas e desenhos. Os armários, todos em marcenaria, foram laqueados em branco acetinado. Pelo processo de criação conjunta, a cozinha merece destaque, pois o total entrosamento entre arquiteta e clientes permitiu ousar em cores e texturas sem medo”, conta Katia.

Dos três quartos da planta original, um foi transformado em closet para a proprietária. No quarto do casal, mistura de estampas nos papéis de parede (Orlean), colcha e luminária pendente. Uma parede roxa, um mapa mundi e um móbile com o sistema solar se destacam no quarto de solteiro. Mediterrani e Banharte foram responsáveis pelo revestimento do banheiro.

Na sala, a cliente desejava desde o início ter um sofá roxo (Formatto). O vermelho e o turquesa entraram na paleta de cores para criar contraste. O resultado ficou contemporâneo e ousado. O piso em parquê, já castigado pelo tempo, foi substituido por réguas em cumaru. No Home Theater, a parede recebeu tecnocimento da Ekko Revestimentos e a marcenaria destaca o móvel baixo comprado em Tiradentes. Assim como as cadeiras do jantar (Fernando Jaeger), o bar turquesa e a poltrona patchwork na sala de leitura (Lá na Ladeira) dão um toque antiguinho ao décor. Já a  mesa Saarinen, a banqueta Charles Eames (City Design) e o tapete (Santa Mônica) fazem um contraponto moderno.

“O apartamento tem uma posição privilegiada, com micos, tucanos e gambás passeando pelo entorno. Integrar essa natureza, mesmo que seja através de janelas, foi um complemento fundamental no projeto” finaliza a arquiteta.

Kátia Ibrahim Arquitetura e Interiores:

Estrada do Joá, 3.461, Barra da Tijuca

Tel.3022-5166

Fotos de Divulgação