Segundo matéria do caderno Barra, “um projeto de arquitetura desenvolvido por duas alunas do campus Parque das Rosas da Universidade Estácio de Sá chegou à final do Berkeley Prize, concurso internacional que contempla trabalhos de estudantes de todo o mundo, realizado pela Universidade da Califórnia. Vitória Susini e Andreia Pavoni foram as únicas representantes de toda a América Latina entre os oito finalistas desta edição do concurso. A organização do Berkeley Prize não revela a posição final de cada projeto, mas a dupla brasileira se posicionou entre os melhores ao lado de dois estudantes dos Estados Unidos, dois da Índia, um de Bangladesh e um do Irã (os projetos podiam ser executados individualmente ou em dupla). O resultado foi divulgado no dia 17 de abril, surpreendendo as estudantes, que desbancaram mais de cem competidores”. Leia mais no jornal O Globo.

Fonte: O Globo/Barra/Reportagem: Rodrigo Berthone/08/05/16