Segundo nota da coluna Gente Boa, “é assim, cheia de flores, quiosques e cafés, quase uma Montmartre, que ficará a Ladeira da Glória. O projeto é do arquiteto João Uchôa, a pedido do empresário Rubem Medina. Ocupará o entorno da igreja, espalhando-se pelas ladeiras. Medina tem o apoio de Eike Batista, com negócios no bairro”. Leia mais no jornal O Globo.

Fonte: O Globo/ Segundo Caderno/ Gente Boa/ 10/02/13