A Revista informou em reportagem: “O terreno em Búzios era comprido, estreito e, para completar, o vento daquela região pedia uma piscina mais protegida, ou seja, era melhor que ela não ficasse na parte da frente da casa, de cara para a praia. Só que o plano da arquiteta Andrea Chicharo era tirar partido da vista do mar em todos os ambientes que pudesse. A solução: uma sala dividida em duas, com vidros por todos os lados, e a piscina no meio. — Queria trazer o mar para todo o terreno. Se tivesse paredes, não conseguiria. As portas também são bem altas, sem nada em cima delas, com o intuito de preservar a vista. Com menos paredes, conseguimos ainda uma linguagem mais contemporânea — diz. Por esses e outros motivos, o projeto virou um dos xodós da arquiteta. Assim como uma construção que André Piva ergueu “do zero”, na mesma região, hoje sua preferida entre as casas de praia que já fez. Piva também optou por proteger a piscina, por causa do vento, e fez questão de seguir a vegetação da Praia Rasa”. Leia mais no jornal O Globo.

Fonte: O Globo/Revista O Globo/Reportagem: Josy Fischberg/06/12/15