Esse ano, no Casa Cor, ele conseguiu transformar uma copa cozinha repleta de azulejos estilo art nouveau em uma sala aconchegante e charmosa para toda a família.  Ainda no capítulo cozinhas, o arquiteto Maurício Nóbrega continua dando um show de bom gosto. Está entregando agora no Jardim Botânico esta cozinha que parece convidar a gente pra entrar, se aconchegar, bater um bom papo, comer e… ficar com preguiça de ir embora.

Esqueça aqueles armários cheios de vidro, brilho e metais arrojados. A marcenaria aqui foi desenhada por Maurício e sua equipe e executada pela empresa Serpa. A madeira também está presente no piso, o que transforma a cozinha, sempre fria, num ambiente…. digamos, quente, acolhedor.

São 34 metros quadrados de puro aconchego. Como a dona da casa adora cozinhar, Maurício teve a ideia de transformar essa cozinha em uma sala de família, incorporando um quarto ao ambiente e criando uma sala de estar, com direito a sofá, mesa de centro e TV (fica num painel giratório; assim, pode ser assitida tanto por quem está no sofá quanto por quem está na mesa de jantar ou junto ao fogão).

O fogão da marca WOLF foi trazido dos EUA pela dona da casa. Assim como a coifa, a geladeira e os demais eletrodomésticos. A mesa de jantar e a estante amarela (ambas em madeira) são da loja Arteiro, de Itaipava. Foram criadas novas janelas para que haja mais luminosidade. Além disso, a porta dupla que dá acesso a sala é de vidro para trazer ainda mais luz e, é claro, integração.

Agora não faltam motivos nem espaço para reunir parentes e amigos. Alguém tem dúvidas de onde será a ceia de Natal desta família?