A coluna Sei lá, mil coisas publicou em nota: “Pires feitos entre os anos de 1920 e 1970, do provençal ao kitsch, são relíquia, especialmente se vêm de fabricantes como a francesa Limoges, a inglesa Royal Albert, a alemã Villeroy Boch e a portuguesa Bordallo Pinheiro. Garimpadas pelo diretor de arte Eloi Nascimento, da Casa Bon Ton, estão à venda na Dona Coisa, no Jardim Botânico. Tem de tudo: opções com fios de prata, bordas de ouro 22k….”. Leia mais no jornal O Globo.

Fonte: O Globo/Revista O Globo/Sei lá, mil coisas/28/02/16