O caderno Serra publicou em reportagem: “O detalhe da louça pintada à mão compõe, com requinte, o ambiente de uma elegância rústica, artesanal. Aliás, artesanato é a palavra que define a composição de interiores típica da Serra. Está nas cestas, em placas de sinalização, nos jogos americanos, louça, centros de mesa, cachepôs, luminárias e até nas chaves dos chalés do Parador Lumiar. Lá, assim como em outras pousadas, hotéis e restaurantes da região, os artigos são confeccionados por artesãos locais, em madeira, cerâmica, tecido, fibra”. Leia mais no jornal O Globo.

Fonte: O Globo/ Serra/ Reportagem: Maíra Rubim/30/08/14