Segundo reportagem do caderno Rio, “a Igreja da Glória vai passar por um importante restauro no momento de revitalização do bairro do qual é o principal ícone. E essa reconstituição é tão importante que, na última quinta-feira, um seminário com arquitetos, restauradores, historiadores da arte e integrantes do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) e da Irmandade Imperial da Glória discutiu o destino da talha no interior da edificação religiosa. A partir daí, pôde-se desvendar um pouco da história do prédio instalado no topo do outeiro na primeira metade do século XVIII, formando um conjunto de relevo e arquitetura que o carioca talvez não tenha se dado conta que é tão importante quanto o do Corcovado e do Cristo Redento. Leia mais no jornal O Globo.

Fonte: O Globo/ Rio/ Reportagem: Rogério Daflon/ 02/09/12