Segundo nota da coluna do Ancelmo Gois, “a terra do mestre Oscar Niemeyer e de Afonso Eduardo Reidy (que nasceu em Paris, mas foi criado no Rio) pode se transformar, quem sabe?, numa  espécie de capital da arquitetura mundial. O projeto do Pátio da Marítima, conjunto de prédios de mais de mil metros quadrados a ser construído no Porto Maravilha, é do renomado arquiteto inglês Norman Foster, 77 anos, autor, entre outros, do Estádio de Wembley, em Londres, da cúpula do Reichstag, em Berlim, e da Torre Hearst, em Nova York. Foster se junta a outros medalhões da  arquitetura internacional, como Christian de Portzamparc, Santiago Calatrava, Richard Rogers, Bernard Villemot, Philippe Starck, Chad Oppenheim e Zaha Hadid, que também executam ou  estudam projetos no Rio. Em tempo: o Pátio da Marítima é um projeto da incorporadora Tishman Speyer, dona de outros marcos, como o Rockfeller Center e o Chrisler Building, em Nova York”. Leia mais no jornal O Globo.

Fonte: O Globo/ Rio/ Ancelmo Gois/ 09/11/12