A cidade ganha amanhã uma loja de decoração com muito estilo e história pra contar. Antes de galgar os degraus que inspiraram o nome e levam ao topo do novo espaço de arte e decoração, o L’Escalier, o visitante já é surpreendido. Logo na porta do casarão antigo, pinturas do artista Tony Minister reproduzem Debret, dando pistas sobre a identidade do seu proprietário e curador: o francês Romaric Büel, há mais de 20 anos no Rio.

Obras de arte se misturam a pinturas que simulam telas, na parede que acompanha a subida. Uma vez no segundo piso, sob a luz natural de uma claraboia que dá ainda mais destaque a um trompe l’oeil de grandes proporções,vê-se pendurados pelas paredes e espalhados pelo chão móveis azuis, vermelhos, amarelos, verdes, em madeira natural, com estofados de estampas inusitadas, todos desenhados e fabricados pela loja. Há também azulejos da arquiteta Laura Taves, do ateliê Azulejaria; móveis de design dos criadores franceses, Daniel B. e Bertrand L.; objetos e obras oriundos da China, Oriente Médio, África, França e diversas regiões do Brasil; e tapeçaria.

Um capítulo à parte, a paixão de Romaric pela arte popular brasileira, “influência da ‘grande Janete Costa’”, como ele costuma frisar, se percebe nas esculturas de madeira maciça do artista Maritônio Sousa Portela, que consegue fundir a origem nordestina com o conhecimento que acumulou sobre arte erudita. Como um mélange de tout, o espaço reproduz muito a arte de viver de Büel. Ali, o visitante se depara com um universo de móveis e obras de arte raramente visto em outro lugar. Entre as peças que ilustram essa frase, estão mais de 100 telas e obras de arte, criadas por artistas conhecidos e anônimos, dos séculos XVIII, XIX,XX e XXI; e aparadores de L’Escalier, uma das especialidades do proprietário. “O Brasil pode ostentar a combinação de todas essas origens, fazendo quase um cruzamento entre elas”, explica Büel com seu sotaque inconfundível. “Selecionei peças de países e continentes que têm uma relação forte com essa história”.

L’ESCALIER

Rua do Rosário, 38, sobrado – Centro.

Tel: 2518-4123.

Funcionamento : de segunda a sexta, das 10h às 19h ; sábado, das 11h às 16h.

Fotos de Divulgação/ BriefCom