O Morar Bem divulgou em reportagem: “O verão já deu sinais de que está com todas as energias (e calor) carregadas para esta temporada. Com isso, o uso de ventiladores e ares-condicionados se tornou necessário para sobreviver no Rio a mais de 40 graus. Mas há também outras formas de minimizar a sensação térmica em casa, a partir de mudanças práticas e pequenas, como trocar os tapetes muito felpudos e dar preferência aos estofados em tecidos naturais, como o linho, por exemplo. Ou, ainda, investir em um jardim vertical em vez de uma parede cor de cimento no quintal. — Elementos como carpete devem ser evitados. O ideal é investir em pedras, como granito e mármore, para o piso. Afinal, são materiais frios e não absorvem as temperaturas quentes, tornando o ambiente mais agradável. Porcelanatos e cerâmicas também deixam a casa mais fresca que os pisos em madeira — diz a arquiteta Carmen Calixto, que completa: — Devemos evitar, ainda, o uso de lâmpadas dicroicas, incandescentes e halógenas, pois elas produzem calor. Melhor são as lâmpadas em LED ou frias”. Leia mais no jornal O Globo.

Fonte: O Globo/Morar Bem/20/12/15