O site Arquitetura e Construção publicou em reportagem: “Reformada para valorizar a integração com a área externa, esta casa na zona sul carioca ganhou portas largas que ligam o estar ao quintal, agora o ponto de encontro preferido da família. Nos anos 70, o jovem João Penido acompanhou de perto esta construção no terreno de 533 m² de sua família, três ruas acima da chácara onde vivia com os pais, no alto do Jardim Botânico. Na época, a região era das mais bucólicas, com um clima irresistível de roça, calçadas de paralelepípedo e apenas poucos prédios baixos barrando a vista para a estátua do Cristo Redentor. “Meu primo, Marcos Penido, que era arquiteto, fez o projeto seguindo um padrão bem tradicional e confortável, com dois pavimentos – área social embaixo e quartos em cima. Uma casa sólida e eficiente, mas pensada como investimento, já que não pretendíamos morar nela”, conta João. O tempo passou, o imóvel foi alugado por cerca de 30 anos e João, já economista, mudou-se para Nova York, onde está até hoje.”

Fonte: Por Simone Raitzki
Leia mais no site: