O caderno Rio publicou em reportagem: “As cores berrantes pintadas em maio no calçadão da Avenida Visconde de Pirajá, entre as ruas Maria Quitéria e Garcia D’Ávila, estão com os dias contados. Preocupada com a reconstituição das calçadas de Ipanema e Leblon depois da retirada dos canteiros do metrô, a prefeitura vai chamar o Consórcio Linha 4 Sul para conversar. Na pauta, o recado de que vai querer fidelidade aos projetos originais do Rio Cidade nos dois bairros, quando for chegada a hora de refazer o pavimento. O presidente do Instituto Rio Patrimônio da Humanidade (IRPH), Washington Fajardo, disse ontem que vai pedir à Secretaria municipal de Urbanismo o memorial descritivo dos projetos assinados pelo arquiteto Paulo Casé (Ipanema) e pelo escritório Indio da Costa (L eblon). Fajardo diz não ter gostado do que viu ao circular por Ipanema na semana passada”. Leia mais no jornal O Globo.

Fonte: O Globo/Rio/12/07/14