O caderno Ela divulgou em reportagem: “Desde que o homem deixou de sentar no chão, as cadeiras passaram a ser consideradas como as peças mais icônicas do mobiliário, as preferidas dos designers através dos tempos. E põe tempo nisso. Dizem que foram os egípcios que tiveram a ideia de botar um encosto no assento. De lá para cá, muita coisa mudou. Não só no mundo, mas no Brasil também. Para mostrar a produção contemporânea de nossos designers, o livro “Design brasileiro de móveis — cadeiras/poltronas/bancos”, da Editora Olhares (R$ 59, 216 páginas, que será lançado no dia 11 na livraria Argumento) conta com a curadoria do galerista Marcello Vasconcellos e do designer Zanini de Zanine. Fazendo um balanço das nossas cadeiras, mostra quase 200 modelos criados pelos nomes mais representativos do mercado, incluindo os novos criadores”. Leia mais no jornal O Globo.

Fonte: O Globo/Ela/Reportagem: Suzete Aché/07/12/13