Segundo matéria do caderno Serra, “ao contrário do que dizem os mitos, a presença de plantas em ambientes fechados não tem qualquer tipo de contraindicação. A recomendação dos especialistas se restringe apenas a saber escolher cada tipo de acordo com as condições oferecidas pelos cômodos. Com os devidos esclarecimentos, além da função decorativa, elas podem se tornar úteis e ajudar na saúde da casa, inclusive. É o que explica a paisagista Monica Fischer:— Existem espécies que são ideais para lugares fechados, onde não haja exposição ao sol. São plantas de sombra, que bebem pouca água. Pau d’água, lança-de-são jorge, jiboia, cacto e palmeira ráfia são alguns exemplos. São capazes, inclusive, de purificar as energias”. Leia mais no jornal O Globo.

Fonte: O Globo/Serra/Reportagem: Thalita Pessoa/10/05/14