A coluna Em casa, por Marcia Müller, publicou em nota: “E nem precisa ser baixa para ser mesa de centro… Uma mesa alta, no meio de uma sala, hall ou mesmo encostada na parede, dá ao espaço uma utilização elegante e prática. Ali, pode-se colocar de tudo e, principalmente, aquilo que utilizamos o tempo todo. A mesa alta possibilita uma imediata visualização e, pela altura, um alcance dinâmico e perfeito. Gosto muito de usar uma mesa alta com livros, aquele lindos que, na estante, quase não vemos, ou mesmo aqueles de arte, grandes e pesados, que para folhear dá até preguiça. Então, nada mais elegante que uma mesa alta normal sem nada de mais, mas cheia de lindos livros. Isso muda tudo! Geralmente, essas mesas servem para colocar as chaves, as correspondências que vamos abrir mais tarde, ou seja, é um móvel nos dá boas-vindas quando chegamos em casa. Isso sem falar em flores que, em qualquer lugar ficam lindas, mas numa mesa com mais altura se colocam inteiramente à vista e mais lindas ainda. Para mim, a combinação mais elegante e perfeita para uma casa são livros e flores. Aliás, chegar em casa com as boas-vindas de flores nos tornam sempre mais felizes. Mostro dois projetos nos quais coloquei uma mesa no centro de um hall e outra no centro da sala. As duas servem para o mesmo propósito, que é alegrar a chegada do morador”. Leia mais no blog.

Fonte: Lu Lacerda/22/07/14

http://lulacerda.ig.com.br/em-casa-por-marcia-muller-quando-a-mesa-esta-no-centro/