O blog da Lu Lacerda trouxe em nota: “Reciclar é preciso e caixa de ovo pode até virar móvel. No caso, 1.400 dessas embalagens nas mãos das arquitetas Marcella Bacellar e Renata Lemos transformaram-se em… sofá! Elas empilharam uma a uma para servir de base e ainda conseguiram fazer uma mesinha de apoio. A dupla precisou de apenas três semanas para juntar as caixas, recolhidas em uma fábrica de doces. ‘Vimos no material a possibilidade de criar um móvel diferente, customizado, além de super prático de ser reproduzido. Já tínhamos escolhido para o ambiente o Sofá Chesterfield, que é um clássico, e, para romper com a formalidade, apostamos nesse banco, criando um ambiente mais descontraído’, conta Marcella. Esta e outras ideias criativas estão na 10ª edição da mostra ‘Morar Mais, o chique que cabe no bolso’, aberta ao público a partir desta sexta-feira (27/09), na Pequena Cruzada (Lagoa). Os ambientes exploram o máximo da sustentabilidade, como madeiras certificadas, materiais reciclados e produtos alternativos. Até a linguagem foi reciclada: saem os estrangeirismos e voltam a ‘sala de família’, o ‘quarto de vestir’, a ‘sala de TV’…”. Leia mais no blog.

Fonte: Lu Lacerda/ 23/09/13

http://lulacerda.ig.com.br/nada-se-perde-tudo-se-transforma/