Segundo matéria da Kaza, “a inquietação, a vontade de romper com antigos clichês sem abrir mão de valorizar a tradição são características marcantes (ufa!) nos layouts da nova geração de arquitetos brasileiros. Esse projeto simples, mas cheio de personalidade localizado em Itaipava, região serrana do Rio de Janeiro, sintetiza exatamente os princípios acima citados e está entre os destaques do portfólio de Sophia Galvão. A jovem arquiteta e urbanista de 33 anos – dez deles na estrada – já cravou suas pranchetas em lugares tão díspares quanto São Paulo, Roma e Londres”. Leia mais na Kaza de junho.

Fonte: Kaza/Reportagem: Ana Paula de Assis