A Revista trouxe em matéria: “O segundo andar de um sobrado de 1908, na Saara, foi o escolhido para abrigar um showroom com mais de duas mil peças para decorar a casa. São relógios novos que imitam antigos, taças e copos de bico de jaca, bicicletas de ferro, corujas de louça, sofás de patchwork, luminárias pendentes, escaninhos de madeira e outros. É o acervo da Casa Pinto Home, uma extensão da octogenária loja de tecidos, um clássico na região, que desocupou o espaço onde antes ficava seu estoque para dar lugar ao segmento “casa” e ao Organzza Café, em alusão ao pano de mesmo nome”. Leia mais no jornal O Globo.

Fonte: O Globo/Revista O Globo/Reportagem: Carolina Ribeiro/20/12/15