A coluna Gente Boa, do Segundo Caderno, publicou em reportagem: “As duas tendências mais fortes da 22ª edição do Casa Cor, que começa no dia 3, estão, juntas, no espaço do arquiteto Caco  Borges. Uma é aproveitar os cinco metros de pé direito do casarão da Avenida Rui Barbosa — onde funcionaram a Escola de Enfermagem Anna Nery e a Casa do Estudante Universitário. A outra é preservar a  história impressa nas paredes da construção, tombada em 1989”. Leia mais no jornal O Globo.

Fonte: O Globo/ Segundo Caderno/ Gente Boa/ 18/09/12