O caderno Rio Show trouxe em matéria: “Não é preciso estar pensando em reformar a cozinha nem em gastar uma fortuna para redecorar a sala. Para ir ao Casa Cor Rio, basta curtir decoração. Este ano, o evento acontece na Península, bairro ecológico da Barra, e traz novidades de arquitetura para casas mais reais, e não em mansões de sonhos, como em algumas edições anteriores. — Optamos por esse local para mostrar as tendências em apartamentos de verdade. São seis ao todo. Isso faz com que as pessoas se identifiquem mais, se sintam próximas daquela realidade — conta Patricia Mayer, uma das organizadoras do evento. Entre as tendências mostradas por 47 arquitetos, decoradores e paisagistas, Patricia cita as paredes vivas, as formas geométricas, as cozinhas coloridas e a mistura de estilos. — As varandas, agora, são extensões de um cômodo, viraram salas de estar. Não precisam mais ser decoradas só com móveis “de varanda” —lembra a organizadora. A grande novidade deste ano é o projeto de Duda Porto, a Casa de Fim de Semana,construída especialmente para o Casa Cor. — Ela ficou pronta em 35 dias. É totalmente automatizada e sustentável. Quase tudo pode ser controlado por meio de um ipad ou celular— explica Patricia. E depois de conferir todos os ambientes, os visitantes ainda podem passear pelo Espaço Chicô, onde acontecem palestras, visitar o restaurante das banqueteiras Roberta e Paula Pederneiras, a loja Gabinete T, do designer Duilio Saroti e a brigaderia de Paula D’Ângelo”. Leia mais no jornal O Globo.

Fonte: O Globo/Rio Show/Reportagem: Patricia Espinoza/11/10/13