Segundo matéria publicada no jornal de Bairros O Globo/ Centro, quem anda pelas ruas principais do Centro se depara com um fenômeno cada vez mais perceptível: edifícios antigos e tradicionais dividem a atenção com os prédios de arquitetura moderna, que parecem surgir da noite para o dia, alterando a paisagem. O contraste acontece devido ao investimento em novos empreendimentos capitaneados por construtoras de olho em empresas e profissionais liberais atraídos pelo progresso da Zona Portuária e também pelo mercado da Copa de 2014 e das Olimpíadas de 2016. Leia mais no jornal O Globo.

Fonte: O Globo/ Jornal de Bairros Centro/ Fotos: Wagner Meier/ Concal/ Gabriel de Paiva