O site da Casa Claudia informou em reportagem: “Em uma das paredes, há um recuo que não consigo aproveitar. Gostaria de usá-lo para montar um closet, mas tenho a impressão de que ele é pequeno demais. Existe alguma alternativa? Será que a saída é recorrer à marcenaria para tirar proveito desse cantinho? Andréia Maranhão, Cordeiro, RJ. Andréia, a solução proposta pelas arquitetas Elise e Evelyn Drummond, da capital fluminense, vai ao encontro de suas ideias. “O closet realmente mostra-se a melhor opção. Aliás, esse é um pedido frequente dos clientes na hora de reformar o dormitório: obter mais espaço para acomodar roupas e outros itens”, aponta Elise. O vão (1) tem, de fato, dimensões reduzidas (1,20 x 1,40 m), por isso as profissionais pensaram em uma ampliação. Para tanto, bastaria cercá-lo com uma parede de drywall em L, tendo a face maior paralela à entrada do banheiro (2), e a menor, à superfície em que hoje está o armário (3). Com a área isolada por essa estrutura, os moradores conquistam um local para se vestirem com mais privacidade, bem como lugar para cabideiros, gaveteiros e sapateira sob medida. “Se o orçamento for curto, pode-se substituir a marcenaria por móveis prontos, araras e até mesmo aramados”, sugere Evelyn. A nova divisória, que leva uma porta de correr, se prolonga de forma a esconder a passagem para o lavatório. “Se não fosse assim, ficaríamos com duas portas juntas – a do closet e a do banheiro –, o que não é recomendável, especialmente em um ambiente pequeno”, justifica Elise. Fora esse ganho no aspecto visual, a medida tem como vantagem a possibilidade de instalar a TV bem em frente à cama. No restante do quarto, ainda cabem um guarda-roupa com espelho de corpo inteiro, uma penteadeira moderna, dois nichos e duas prateleiras. “Afinal, armário nunca é demais”, ressalta Evelyn”. Leia mais no site.

Fonte: Casa Claudia/Reportagem: Daniel John Furuno/05/02/14

http://casa.abril.com.br/materia/quarto-de-casal-ganha-parede-de-drywall-e-vao-vira-closet