Segundo nota da coluna Gente Boa, “arquitetos, urbanistas e instituições de preservação cultural estão estão repassando um abaixo-assinado pela permanência de Mônica da Costa, superintendente do Iphan-RJ, no cargo. A articulação surgiu dias atrás, quando começou a circular a informação de que o Ministério da Cultura vai substituir Mônica, servidora de carreira há 30 anos, por Cláudio Roberto Mendonça, ex-secretário Estadual de Educação e alvo de investigações do Tribunal de Contas por dispensa de licitação em serviços públicos”. Leia mais no jornal O Globo.

Fonte: O Globo/ Segundo Caderno/ Gente Boa/ 21/03/17